BLOG

Verifact torna registro de provas digitais mais acessível

Verifact tecnologia 3 (1)

Plataforma permite fazer registro de provas por conta própria, 24 horas por dia, sete dias por semana e a um preço mais baixo

Fazer o registro de provas digitais não precisa ser algo complicado, nem caro. Mas os meios que até então eram os únicos disponíveis para isso dependem de fatores que podem representar obstáculos à maioria das pessoas.

Considere a seguinte situação: alguém posta um conteúdo difamatório nas redes sociais, em um sábado à noite. Simplesmente fazer o printscreen do post é uma alternativa pouco confiável, pois não há como garantir à justiça, depois, que a imagem não foi manipulada. Se o autor apagou o conteúdo em seguida, fica ainda mais difícil provar que o fato realmente aconteceu.

Uma opção é fazer uma ata notarial, que é um instrumento jurídico por meio do qual um tabelião, dotado de fé pública, testemunha um fato – no caso, a existência de um post ou conversa nas redes sociais – e o descreve.

A ata pode ser feita em cartórios, mas o serviço está restrito ao horário de funcionamento do local e, ainda, sujeito a agendamento. Ou seja, se o autor do eventual crime apagar o conteúdo antes do horário agendado, o registro da prova será comprometido.

Sem contar que o valor de uma ata notarial é elevado. O preço varia de estado para estado, mas em São Paulo, por exemplo, a primeira folha do documento custa R$485,65 e as demais R$244,23. Um registro de uma conversa de WhatsApp pode ultrapassar o valor de R$3 mil.

Há ainda como alternativa ferramentas com o uso da tecnologia de blockchain, mas estas podem apenas garantir que a informação digital não foi alterada após o seu registro, não antes. Além disso, não empregam técnicas forenses, ou preservam a cadeia de custódia (procedimentos previstos na Lei Anticrime) para dar suporte a eventuais auditorias no futuro. Ou seja, não garantem que o material vem de onde diz ter vindo, nem que realmente é o que diz ser.

Esses fatores limitantes podem representar obstáculos aos cidadãos que precisam fazer o registro de uma prova digital no momento em que o fato acontece, e a preços acessíveis.

Ao alcance das mãos

A Verifact coloca ao alcance do cidadão a possibilidade de registrar provas digitais por conta própria, a um preço acessível, sem precisar depender do horário dos cartórios ou entender a complexidade técnica e jurídica por trás disso tudo.

A plataforma pode ser acessada por qualquer computador com internet, a qualquer momento do dia, sete dias por semana, e não é necessário ser da área jurídica para utilizá-la.

Em questão de minutos, o usuário consegue capturar as provas digitais e gerar, ao final, um pacote com vídeo de registro da navegação, capturas de tela, relatório PDF-A, arquivos de diversos formatos baixados e metadados técnicos da captura de forma automatizada.

O custo por sessão, com duração de 30 minutos ininterruptos de navegação, é de R$ 69. Em cada sessão é possível registrar até 50 capturas de telas, baixar 50 MB de arquivos e navegar em sites diferentes.